domingo, 19 de outubro de 2008

Quase...


Quase

 

Tenho que dizer que quase vivi,

Quase respirei o sagrado,

Por pouco, não desejei o passado

E que por um momento pensei ter encontrado.

 

Tenho que dizer que quase senti seus braços

Que não precisei sonhar com o inalcançável

Por pouco, eu não alcancei...

E que por apenas um segundo, não te encontrei.

 

Quase... que tive seu sorriso

Quase me salvou do meu abismo

Por pouco, eu não teria sofrido

Por um sopro, não me teve contigo.

 

Tenho que dizer que quase fui perfeito

Quase suspirei seus beijos

Mas algo me prendeu no caminho

Alguma coisa me perdeu consigo.

 

...E que por alguns anos estive sofrendo

Por pouco me reconhecendo

Quase nunca me escondendo

Tenho que dizer.... que quase fui feliz.

Que quase sou feliz,

Que quase fui...

Que quase...

Que quase...

Que...

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Nu - Em comemoração do Meu aniversário.


 

Olá a todos, fiz aniversário dia 13 de Setembro. em época de provas na faculdade, nem tive tempo de escrever nada específico para a data.

Abaixo um texto mais novo. Abraços a todos.

 

 

Nu

 

Em meio ao vento frio,

O sopro percorre meu corpo

Não sinto um simples calafrio

Estou  planando no topo.

 

O topo da vaidade

Na frágil cadencia da verdade

Desprovido de mascaras e de receios

Caindo em profundos devaneios

 

Sem força e sem coragem

Sem coletes sem vantagem

Só seu e o meu partidos

Só o Não e o Ser, perdidos.

 

Não tente me julgar

Não posso suportar

Sem santidade e sem perfeição

Sem castidade e sem paixão.

 

Estou caindo em um precipício

Estou voltando para o principio

Estou pedindo a sua ajuda,

Em dois segundos a despedida.