segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Em uma Noite escura.

Tudo mudou com uma noite escura,
Onde tudo era mistério, carinhos de ternura.
Cada palavra sua se fez estrela,
Cada toque seu me fez desejá-la.

A lua brilhava como se fosse seu sorriso.
Sem medo, joguei-me na escuridão da noite.
Soprava-me segredos de seu tesouro precioso
Enquanto me envolvia em um abraço forte.

Sua voz me encantava com um feitiço
Seu jeito doce eram nuvens acolhedoras
O seu céu esconde belezas que desconheço
Mas seus olhos sinceros contam-me histórias.

Olhos escuros e brilhantes
Que invadem meus sonhos em noites incertas
Trazendo-me dos lugares mais distantes,
Guiando-me por labirintos e descobertas.

Tudo mudou quanto a encontrei
Naquele beijo ao findar do dia.
Em cada gesto que nunca imaginei
Ouvindo-te cantarolar em minha companhia.