terça-feira, 12 de agosto de 2014

O Clã das Aloiradas

Bem-vindos ao clã das aloiradas

Com suas raízes escuras

E pontas amareladas.

Fazer parte, é quase de graça

Basta ter tons de cobre, latão e palhoça.

 

Queremos luz em nossa existência apagada

Nos enquadrar no molde da boneca palhaça.

Gostamos de pensar que temos o poder da escolha

Entre a vilã da novela ou a ex modelo apresentadora.

 

A tintura é mais barata que uma personalidade

E já vem com toques de “beleza e jovialidade”.