domingo, 27 de setembro de 2015

Princesa Negra

Deem passagem,
É a princesa que vem!
Com sua coroa de cachos
De crespos embaraços
E beleza nunca vista

Ela é forte, demonstra no olhar,
Nas covinhas de seus sorriso
Que seu viver é sonhar.

Seus olhos são pérolas a brilhar
Seus lábios um doce convite
Completo exercício do fascínio
Um paraíso do desejar.

Deem passagem,
É a princesa que vem!
em cada gesto inspiradora
é aquela que supera.
Vence tudo que a tente parar
Pois o tempo não pode esperar.

Atenciosa, e doce
De um jeito que nunca imaginei
Surpreendente a cada momento
Apaixonante como nunca sonhei.

Sua pele negra, seus traços fortes
Espero um dia ter a sorte
De em meu peito repousar
E no encontro de um beijo
Tudo possa transformar.